Quinta-feira, 12 de Outubro de 2006

Num momento podemos estar felizes, mas no momento a seguir já não se sabe...

É impressionante a maneira como um dia pode ser diferente do dia anterior... Ontem, estava contente; finalmente comprei alguns alimentos para começar a minha dieta vegetariana a sério. Mas hoje... estou mal; não estou muito mal , mas não estou muito contente. Como sempre, o que me deixa assim são as pessoas da minha turma. Gente parva aquela! (estou-me a referir principalmente à amostra de rapazes que constituem a maldita turma.) Parece que gostam de nos fazer sentir mal, dizem-nos coisas horrorosas, tipo: ”(...) tu é que és gostosa; ai, tu é que és gostosa!... Eu sei mentir tão bem!...”. Se fosse há algum tempo atrás, bem que quase desatava a chorar mas, por muito incrível que pareça, não senti nada quando ele me disse aquilo... e fiquei muito contente por isso! Acho que consegui demonstrar a mim mesma um bocado de maturidade (coisa que aquela gente não tem!). E vocês até podem estar a perguntar se isto não a afectou, porque é que ela está a escrever este post?... Bem, a verdade é que fiquei chateada, acho que ninguém gosta de ouvir isto duma pessoa que convivemos, aliás, que somos obrigados a conviver 5 dias por semana; mas não fiquei perturbada! LOL! ... Eles são uns otários e pronto! Final de assunto!
As aulas também têm sido... Bah! Sei lá como as descrever... Não sei que stor irei ter para a próxima aula (estão-nos sempre a mudar os professores), temos trabalho(s) de grupo p’ra fazer (eu detesto trabalhos de grupo!), são TPC’s que nunca mais acabam (os stores têm a mania de lá por termos tardes livres e um fim-de-semana, que temos de passar o tempo todo a fazer TPC’s...), não consigo dormir direito, blá blá blá!... Isto tudo por causa de não me dar bem com os meus colegas... Não tenho amizades com ninguém fora da escola, estou sempre sozinha, e o pior é quando as pessoas têm pena de ti e dizem Queres vir connosco?... Isso faz-me sentir ainda pior! Pensam que eu sou uma coitadinha!...  Se ao menos tivesse mudado de turma já no 7º ano, acho que teria muitas mais amizades... muitas mesmo!... No 5º e no 6º anos convivia com muitas pessoas baris; mas, infelizmente, no 7º ano (como me mudaram de turma) comecei a conviver com outras pessoas que, não sei bem como, conseguiram modificar a minha personalidade quase toda e tornaram-me numa pessoa que detesto!!! Eu era tão aberta, alegre, brincalhona... agora sou uma insossa!!!... Eu sei que hoje estou muito deprimente, mas eu preciso de deitar tudo para fora... Não peço às pessoas que me mandem comentários para me levantarem a cabeça, porque já estou habituada a isto e, daqui a um bocado, já estou bem-disposta novamente!... Eu fico bem só por desabafar, não preciso que as pessoas se aborreçam só por causa de um sentimento um bocado mais infeliz...
... Estava a tentar lembrar-me de uma coisa feliz para terminar este post, mas nada me vem à cabeça... Ah, isto até não pode ter muita piada para vocês, mas eu adoro a Foleirabella! LOL
Clica!!!
(caso alguém saiba como se põe um vídeo no post, avise!...)
sinto-me: desmotivada
disparatado por Emplastr@ às 15:10

link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De cricri a 12 de Outubro de 2006 às 20:03
Ai, rapazes! Fazes bem em não ligar, depois acho que já deves saber que, o que eles mais apreciam, é gozar com as raparigas -quer isso tenha fundamento ou não! Mas isso passa, a uns mais cedo, a outros mais tarde... É normal que te aborreças! A mim também já me aconteceu tanta vez! Mas é uma fase!
Pois, quanto à turma é complicado (para mim ) quando não se conhece ninguém mas dou-te o meu exemplo: desde o 5.º ano, só a partir do 10.º é que fiquei sem mudar de turma. Todos os anos mudava: 6.º não gostei dos colegas 7.º mudança de ciclo 8.º mudança de escola 9.º mudança por causa das línguas (francês-inglês ).
Algumas vezes aconteceu ficar com 1/2 colegas anteriores, mas é sempre complicado quando não conheces ninguém. No 9.º ano estava sem as minhas amigas, numa escola diferente, sem ninguém mesmo. Foi um ano muito difícil para mim, passava muito tempo sozinha nos primeiros tempos e o meu refugio era a biblioteca. Depois, devido a mais coisas que aconteceram, e estar sozinha, chegava todos os dias a casa e só chorava...Foi muito complicado...No final do ano as coisas compuseram-se e felizmente só foi um ano.
Mas e se tentasses conviver com as pessoas que te chamam? Nem todos te chamarão por pena!!
E não te chames de insonsa! Lembras-te: se não gostares de ti, quem gostará?
De Emplastr@ a 12 de Outubro de 2006 às 21:39
Bem, eu também tive o mesmo azar que tu, também mudei montes de vezes de turma! Mas em relação aos rapazes, penso que é só na minha turma que isto acontece, sempre que converso com amigas minhas de outras turmas, elas dizem-me que se dão bem com os colegas e que até são amigas de alguns...
Vamos lá ter esperança, um dia ainda posso ter um bom relacionamento com o sexo masculino () LOL
De miss bradshaw a 12 de Outubro de 2006 às 20:52
ai ai emplastra.....vai-te habituando o mundo ta xeio dexas coias mais vulgarmente conhecidas por "rapazes" lol eu sei mt bem o k é ser um na nossa propria turma....e kuase me tornei num bixo do mato por causa de uma ma experiencia no meu 1º 12º ano...mas dps tudo mudou e agora posso dixer k ainda bem k xumbei pois "so" conheci as minhas melhores amigas!=D n desesperes babe.....k n vale a pena.....e acredita k os raopazes so mandam exas bocas pk kerem atençao......tal n é o sentimento de inferioridade deles!!!xD fika bem babe
*******************
De Emplastr@ a 12 de Outubro de 2006 às 21:43
LOL!!! somos bem parecidas no que toca à opinião sobre o sexo masculino (na "nossa" idade, pois penso que os mais velhos não sejam assim... ou são! LOL!)
Paciência! É o que eu preciso neste momento!!!
Bj*{
De Fábio J. a 13 de Outubro de 2006 às 19:35
Até estou com um pouco de medo de escrever alguma coisa no meio destes comentários femininos.
Para que se saiba eu também já tive os meus momentos péssimos (mau não é suficiente) com as mudanças de turma. Foi apenas uma vez, no 5º ano, mas acho que terá sido, e será sempre, a pior fase da minha vida, se for a pior não aguento outra...
Nunca contei isto a ninguém, ninguém mesmo. Quando mudei de turma fiquei com 4 ou 5 colegas da turma do 4º, mas não eram pessoas com quem eu convivesse muito. Como não sou uma pessoa que se integra com muita facilidade fui ficando só, apenas com alguns apoios. Passava horas e intervalos sozinho na biblioteca. O problema foi quando comecei a ser mal tratado por duas ou três raparigas da minha turma. Eu era um rapaz sossegado e simpático (acho), mas insulto após insulto, humilhação após humilhação eu ficava cada vez pior. Passava as noites todas a chorar, pensei varias vezes no suicídio e comecei a odiar a vida e a minha existência. Foi imensamente doloroso, principalmente porque nessa altura não tinha um único amigo com quem contar nesses momentos. Só de recordar fico abalado e as lágrimas vêm-me aos olhos.
Hoje, posso dizer que sou extremamente feliz e tenho pessoas com quem contar, no entanto sou incapaz de chamar alguém de amigo. Colegas, camaradas, conhecidos, mas amigos simplesmente não sai. Já várias vezes me perguntei porquê, mas a única hipótese que encontro é a de ter sido influenciado por essa época, pois antes adorava os meus amigos e a vida.
Desculpa o tamanho do comentário Emplastr@ mas, pelo menos acho que a minha história serve para explicar que a dor e sofrimento não dura para sempre, e que apesar de ficares com marcas desses momentos, um dia perceberás que esse momentos foram essenciais para seres como és.

Até breve!
De Emplastr@ a 14 de Outubro de 2006 às 14:20
Lol! não tenhas medo!
Agora falando a sério; eu adorei o teu comentário... acho que foste bem sincero no que disseste. Só em pensar que há pessoas do sexo feminino assim até me dá vergonha! São mesmo umas ******!!! Nem sei o que lhes chamar!...
Infelizmente, tal como tu, não consigo chamar amigo a alguém, ou, pior ainda, dizer amo-te, nem que o diga a um familiar ou assim... simplesmente não consigo...
Por fim, quero-te agradecer o comentário e podes ter a certeza que a tua história serve para as pessoas reflectirem as suas acções...
BJS e felicidades!!!
De Fábio J. a 14 de Outubro de 2006 às 16:48
Tal como disse, hoje já faz tudo parte do passado e não é uma coisa que me incomode.
Não precisas de ficar com "vergonha" por causa destas raparigas pois eu também não sinto vergonha por causa dos rapazes da tua turma. Somos todos diferentes e isso faz com que tenham de existir pessoas estúpidas.
De cricri a 14 de Outubro de 2006 às 17:48
Acho que todos temos os nossos momentos péssimos...Felizmente são passageiros!
bem, Crítico, queria dizer-te que foi muito corajoso o teu comentário, já que nunca havias contado isso a alguém... Eu na minha fase "negra" também não falava quase com ninguém.Refugiava-me no quarto e chorava ao pé da minha mãe... :(
Enfim, passou.
Quanto aos amigos:Entre o meu 7.º ano e 11.º era capaz de responder a quem me perguntasse que os amigos eram das coisas mais importantes da minha vida. Que não poderia passar sem eles. Ultimamente tenho visto as coisas de maneira diferente. Os amigos são mesmo raros, e mesmo a minha melhor amiga, deixou de o ser. Bem, continuo a falar normalmente com ela, juntamo-nos em casa uma da outra, na escola, etc. mas simplesmente deixei de lhes dar tanta importância. Continuo a falar normalmente com "amigos", colegas e conhecidos, mas distanciei-me ligeiramente. Até porque quando mais precisamos, os amigos não estão cá. Os nossos familiares podem estar sempre dispostos a ajudar-nos, mas os amigos ...Já vi que não. Mas é a vida e não vou ficar triste com isso. Dou-me bem com eles, só não vou estar à espera de "provas de verdadeira amizade" porque isso, acho que é só nos livros...

Emplastr@, desculpa estar a desenvolver este tema no teu blog...espero que não te importes...
De ♥muninah_Juaninha♥ a 14 de Outubro de 2006 às 10:13
os rpzs sao tds iguais, a mim tbm ja me mandaram bokas dexax... mas eu nunca me importei cm ixo...
a minha turma so se separou no 9ºano, nos outros anos so entravam uns pos lugares dos k tinham xumbado, max sempre me dei bm cm os meus colegas de turma, os k mandavam as bokas eram de outrs turmas...
nunca m xatie cm ixo, eu kero la sbr o k eles dizem, x n gostam n olhem, poxo t dzr k smp me dei melhor cm rpzs de k cm raparigas, n xei pk...
x eu foçe a ti começava a andar mais cm akeles k te convidam pa andar ctg, dps lg ves x keres kontinuar a xer amiga deles ou n...
bjx fika bm!!!!!
De ButterFly a 14 de Outubro de 2006 às 22:26
Foleirabella em altaaaaaaa!!!!!!!!!!!! É xelente, oides crer!
Hm, kuanto a isso tens toda a razão, e n sei porke n és a unika k estas a passar por isso, n é keu esteja a passar, mas no setimo ano tbm me mudaram de turma e a partir dai tornei-me mt mais fexada, pk eram só populares da escola e eu era a "patinho feio"... acredita k tbm n passei muito bem, mas também há coisas que vêm por bem, e no meio de coisas más há sempre uma boa! Vais ver que tudo vai mudar, e n digo isto só por dizer, mas pk sei... acredita!
De Rastr a 15 de Outubro de 2006 às 01:47
É, essa da Foleirabella, sou totalmente de acordo.
em relação ao que se passa no teu dia a dia, quando te estiveres a "passar", pensa em algo de bom , que te faça feliz.
Um Abraço
De Witchie a 17 de Outubro de 2006 às 00:40
Adorei a Foleirabella...

Tá demais... eu não suporto a verdadeira... esta ao menos é sincera... Ela... Não vale nada mas tem tem tudo...
De phia_t a 18 de Outubro de 2006 às 14:17
Não posso deixar d partilhar a minha experiência... Tive uma melhor amiga durante anos, fui uma idiota pq durante td exe tempo nunca percebi q ela era 1 egoísta e 1 hipócrita, q nunca foi minha amiga d verdade pq simplesmente não faz ideia d q é a amizade verdadeira :( Fiquei super mal qd finalmente vi a pexoa q ela era d verdade Quando penso em td o q fiz por ela e n amizade q pensava q tinhamos,dá-m vontade d chorar !!! Nunca mais chamei ninguém d "amigo" - à excepção d meu namorado.
O + estúpido é q ela pediu o meu nº d tlm a um amigo noxo, ao fim d 5 anos sem nos falarmos! é claro q eu não o autorizei a dar-lho... p mim, a falta d carácter não tem perdão...
Moral d história: ela deve estar mesmo só e desesperada: as pessoas más têm sempre o q merecem!
Desculpa o tamanho mx tinha mesmo d contar isto...

Comentar post

"mais sobre mim

"Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

"links

"Desabafos arquivados

" Setembro 2007

" Agosto 2007

" Julho 2007

" Abril 2007

" Março 2007

" Fevereiro 2007

" Janeiro 2007

" Dezembro 2006

" Novembro 2006

" Outubro 2006

" Setembro 2006

" Agosto 2006

" Julho 2006

blogs SAPO

"subscrever feeds